As novidades do Mundial de Fórmula E

0
111
13 Antonio Felix Da Costa, TAG HAUER Porsche Formula E Team, action during the ABB FIA Formula E Valencia Pre season Tests 2022 with Gen 3 car at Circuit Ricardo Tormo from 12th to 16th of December of 2022. In Cheste, Spain. (Photo by Gongora/NurPhoto via Getty Images)

O Mundial de Fórmula E está em constante evolução e esta temporada entre as grandes novidades está o Gen3, a terceira geração de carros da história da modalidade. Os monolugares elétricos estão agora mais leves chegando até 322 Km/h, têm um chassis mais pequeno, o dobro da capacidade de regeneração e mais 40% de energia usada na corrida oriunda da regeneração dos travões. 

Outra grande mudança verifica-se no formato das corridas, que passam a ser medidas pelo número de voltas, e não pelo cronómetro. No final da prova, podem ser adicionadas por conta de períodos de bandeira amarela ou ‘Safety-Car’.

O sistema de ‘Attack Mode’ também vai mudar em 2023. Antes, os pilotos ficavam a saber qual seria o sistema usado durante a prova pouco antes da partida, mas agora vão poder escolher usar dividindo entre dois momentos de 2+2 minutos, 1+3 minutos ou 3+1 minutos. Acresce ainda uma potência de 100kW extra e 50 kW de potência de corrida por comparação com 2022. 

Espera-se ainda que seja introduzido o ‘Attack Charge’ em determinada corrida da temporada. O sistema em que os pilotos podem entrar nas ‘boxes’ para uma recarga rápida de bateria com duração de 30 segundos para um acréscimo de 600 kW. 

O calendário da nova temporada de Fórmula conta também com algumas importantes mudanças. São Paulo recebe a primeira corrida da FE de sempre no Brasil. Hyderabad, na Índia, Cidade do Cabo, na África do Sul, e Portland, nos EUA, são outras das cidades que acolhem as corridas mais elétricas do planeta em 2023.

Maserati e Mclaren fazem as suas estreias na Fórmula E, a DS faz parceria com Penske após a saída da Techeetah e a Abt regressa ao pelotão depois de um ano afastada. 

António Félix da Costa, agora ao volante de um Porsche, depois de trocar a DS Techeetah pela formação alemã.

“Estou na Fórmula E desde a primeira corrida e vou colocar toda a minha experiência em cima da mesa, e a equipa logo decide o que fazer com ela. Temos uma grande equipa de engenheiros e todas as hipóteses de chegar ao topo. Tudo depende de como vamos usar as oportunidades. O meu objetivo é claro, enquanto piloto: ganhar corridas e o campeonato. Não posso dizer onde estamos neste momento (em termos de performance), mas este é o nosso objetivo”

CALENDÁRIO MUNDIAL FÓRMULA E – 2023

México – Cidade do México – 14 janeiro

Arábia Saudita – Riade – 27 janeiro

Arábia Saudita – Riade – 28 janeiro

Índia – Hyderabad – 11 de fevereiro 

África do Sul – Cidade do Cabo – 25 fevereiro

Brasil – São Paulo – 25 de março

Alemanha – Berlim – 22 abril

Alemanha – Berlim – 23 abril

Mónaco – 06 maio

Indonésia – Jakarta – 3 junho

Indonésia – Jakarta – 4 junho

EUA – Portland – 24 junho

Itália – Roma – 15 julho

Itália – Roma – 16 julho

Inglaterra – Londres – 29 julho

Inglaterra – Londres – 30 julho

A temporada de Fórmula E pode ser vista nos canais Eurosport ao longo dos próximos meses

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui